A qualidade do sono é capaz de
evitar problemas como depressão, obesidade,
melhora a imunidade, pressão arterial e até doenças de pele.

 

Uma boa noite de sono é fundamental para a saúde e qualidade de vida, mas para 40% da população é sinônimo de preocupação. A qualidade do sono é capaz de evitar problemas como depressão, obesidade, melhora a imunidade, pressão arterial e até doenças de pele.

As causas podem ser diversas, desde estresse ou até mesmo má alimentação, pois a falta de nutrientes pode afetar a produção de alguns hormônios, entre eles a melatonina que regulariza o sono e contribui para o controle de peso. Por isso, evitar alimentos estimulantes como refrigerantes, chimarrão, café ou chá preto, branco e verde, principalmente após as 16 horas, pois são estimulantes.

Por outro lado, incluir aqueles alimentos que estimulam a produção de melatonina favorecem ainda mais a qualidade do sono, alimentos que são ricos em triptofano, convertem-se em serotonina (neurotransmissor responsável pelo bem-estar ) e facilitam a produção de melatonina (hormônio do sono).

Incluem-se :

  • Aveia: por ser fonte de triptofanoajuda a manter um sono contínuo, além de ser rica em antioxidantes e fibras.
  • Alface: essa hortaliça possui uma substância chamada lactucina que tem efeitos calmantes.
  • Banana: além de ser fonte de vitaminas como o complexo B, B6 e magnésio, a banana ainda é rica em triptofano, favorece também a continuidade do sono.
  • Linhaça: além de ajudar no processo de emagrecimento, a linhaça melhora o sono, o humor, a ansiedade, a irritabilidade e a depressão. Rica em ômega 3, ela ainda ajuda na regulação dos neurotransmissores.
  • Maracujá: além de ser fonte de vitaminas do complexo B, o maracujá tem efeito calmante e pode auxiliar no relaxamento antes de dormir.
  • Leite: também é fonte de triptofano, aminoácido que se converte em serotonina, o leite relaxa e induz o sono.
  • Couve: por ser fonte de magnésio, cálcio e vitamina B, a couve é essencial no sono e no relaxamento muscular.

 

10 alimentos que ajudam a dormir melhor.

 

Outros fatores podem favorecer a manutenção do sono como colchão e travesseiro adequados para seu biotipo, alimentação equilibrada, evitar carne vermelha a noite, a prática de exercícios físicos. Favorecem para melhorar os níveis hormonais e qualidade de vida.