O projeto “Valendo Nota! Musicalidade na Universidade” nasceu de uma parceria entre a Universidade, por meio da Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (VREAC), e a Patrulha Escolar do Núcleo de Policiamento Comunitário da Brigada Militar. Suas atividades foram marcadas pela promoção de oficinas de dança, judô, capoeira e slackline, além de atividades de arremesso ao alvo, puxa corda, brincadeiras antigas, entre outras. As ações foram desenvolvidas com o apoio do projeto de extensão Polo Regional de Desenvolvimento de Esporte e Lazer da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (Feff). Ao longo do segundo semestre de 2016, quatro encontros foram marcados pela realização de oficinas de música e pela apresentação dos grupos artísticos Big Band Comunitária, Grupo de Choro e Grupo de Percussão, projetos de natureza extensionista da Universidade de Passo Fundo.

valendo_nota_upf_02O projeto Valendo Nota foi instigado pelo Núcleo de Policiamento Comunitário, que mantém parceria há algum tempo com a Universidade, e tem como objetivo promover uma cultura de paz nas escolas. As atividades tiveram como elemento norteador a ludicidade e garantiram momentos de lazer e recreação. A intenção foi tornar as tardes prazerosas e mostrar para os alunos participantes que a UPF é um espaço comunitário, onde é possível usufruir, por meio dos projetos de extensão, do conhecimento construído academicamente.

Nos encontros, que tiveram um público acumulado estimado de 300 crianças, os alunos foram recepcionados por palhaços, que fizeram os pequenos dançar e cantar, em momentos de recreação. Os alunos percorreram um trajeto organizado pelo Polo “UPF Caminho da Alegria”, com obstáculos geométricos, e participaram de uma série de oficinas, no Centro de Eventos, no Portal das Linguagens e na área externa.

valendo_nota_upf_01O projeto Valendo Nota foi instigado pelo Núcleo de Policiamento Comunitário, que mantém parceria há algum tempo com a Universidade, e tem como objetivo promover uma cultura de paz nas escolas. Nesse sentido, a UPF tem como propósito proporcionar a essas crianças um universo diferente e alternativas de não violência. A estudante Emanuelle de Lazari, 10 anos, aluna do quarto ano da Escola Benoni Rosado, informou que se divertiu muito durante o evento. “Achei todas as atividades legais, mas a que mais gostei foi o judô. Aprendemos muitas coisas sobre esse esporte. Nos divertimos bastante. Pra mim, essa tarde significou muita alegria”, revela.

O encerramento do projeto ocorreu juntamente com a formatura do Proerd da Brigada Militar, no dia 2 de dezembro. O coordenador do Núcleo de Policiamento Comunitário de Passo Fundo, Tenente Daisson de Andrade da Silva, enfatiza que “essa atividade foi um momento de promover uma tarde de entretenimento para os alunos. O único requisito para participar foi o bom comportamento. Realizamos, durante todo o ano, um trabalho de prevenção contra a violência, por meio de palestras e atividades de integração na escola. Queremos que essas crianças cultivem a paz”, pontua.