Programa UniverCidade Educadora: Circulando Cidadania

145

A concepção de Cidade Educadora remete ao entendimento da cidade como território educativo. Nele, seus diferentes espaços, tempos e atores são compreendidos como agentes pedagógicos, que podem, ao assumirem uma intencionalidade educativa, garantir a perenidade do processo de formação dos indivíduos para além da escola e com ela, em diálogo com as diversas oportunidades de ensinar e aprender que a comunidade oferece.

facecard_finalizado-1Iniciado no começo dos anos 1990, na cidade de Barcelona/ESP, as cidades educadoras se consolidam como uma rede mundial de experiências que acompanham um desejo emergente de reconfiguração das cidades no contexto mundial. Com mais de 470 cidades oficialmente vinculadas, a Associação Internacional das Cidades Educadoras – AICE (17 só no Brasil) está baseada em uma carta de princípios (carta das cidades educadoras ou carta de Barcelona) que orienta os rumos pactuados em cada cidade, respeitando suas identidades singulares e suas características históricas e culturais. A carta prevê dentre outros aspectos, a revitalização dos espaços públicos, o foco na formação das crianças e dos jovens, um plano municipal amplo de educação e a democratização dos bens culturais.

Neste sentido, o Fórum de Mobilidade Urbana e Educação da Universidade de Passo Fundo criado em 2011, é um espaço de debate, articulação, produção de conhecimento e ações sobre questões relativas à mobilidade urbana no Município de Passo Fundo/RS. Visando a construção de subsídios para a formulação de políticas públicas ligadas a mobilidade urbana e a promoção do direito humano à cidade, desde seu nascimento congrega inúmeras instituições e sujeitos interessados na construção de um conceito de cidade democrática, acessível, educadora e sustentável.

Durante o ano de 2015 foram realizadas reuniões sistemáticas, sendo apresentadas inúmeras ações ligadas à educação e mobilidade o que serviu de elemento motriz para a construção do Programa UniverCidade Educadora: Circulando Cidadania.

Fortalecendo a dimensão pedagógica, participativa e de controle social das políticas públicas, o Programa configura-se como um espaço de ampliação do debate da mobilidade urbana e educação. Quais saberes integram o exercício de operacionalização da mobilidade urbana numa perspectiva pedagógica de formação cidadã? Como transformar esses saberes em um “currículo da cidade, para a cidade, com a cidade”? Como pensar os sujeitos e suas diferentes necessidades de deslocamentos na cidade de uma forma dialógica e didática, promovendo o direito humano à cidade?

É neste exercício de construção de um currículo de mobilidade urbana que o Programa UniverCidade Educadora visa à realização de ações que partam do pressuposto de que devemos pensar a cidade como um território pedagógico orientando suas diversas ações na perspectiva de uma cidade educadora, concebendo o meio urbano enquanto contexto, agente e conteúdo da educação.