1
O pequeno astronauta
Uma nave criou
Com caixa de papelão
Nela decolou.

2
O pequeno astronauta
Chegou à lua
Na sua nave
De lá viu a sua rua.

3
Na lua tinha buracos
Ela parecia um queijo
Era muito bela
Ele deu-lhe um beijo.

4
O pequeno astronauta
A lua foi explorar
Saiu a dar pulos
Atrás de algo achar.

5
Era lua cheia
Muito gigante
Que a gente da terra
Se faz seu vigilante.

6
O pequeno astronauta
Na lua encontrou
Um homem grandão
Que lá também chegou.

7
Foram os dois
A passear
Pela lua
No seu brilhar.

8
O pequeno astronauta
E o homem grandão
Amavam a lua
Tinham por ela gratidão.

9
O homem grandão
Colocou uma bandeira
Plantada na lua
Como uma brincadeira.

10
O pequeno astronauta
Ficou a olhar
O homem grandão
E o seu pisar.

11
Onde pisava
O homem grandão
Deixava marcas
Do seu pezão.

12
O pequeno astronauta
Só queria saber
Onde a lua começava
Como era o seu nascer.

13
O homem grandão
Não soube responder
Preocupado estava
Se vida podia ali haver.

14
O pequeno astronauta
Achou o homem grandão
Muito esquisito
Com aquela preocupação.

15
Quem já ouviu falar
Que na lua vida tem
Só há buracos
Lá não há ninguém.

16
Mas, o homem grandão
Ao pequeno astronauta
Explicou a sua ciência
E o que tinha em pauta.

17
A ciência quer descobrir
Se o homem pode viver
Aqui na lua
Ou nela crescer.

18
O pequeno astronauta
Olhou o homem estranho
Com conversa meio torta
De quem parece ter sonho.

19
Ele um pequeno menino
Sabia muito bem
Que na lua
Não tinha ninguém.

20
Como um homem grandão
Cientista se dizia
Acharia que na lua
Gente haveria.

21
Se até para respirar
Ali não se podia
Da terra trouxe o ar
Isso todo mundo sabia.

22
O pequeno astronauta
Na sua curiosidade
De menino pequenino
Só queria uma novidade.

23
Era saber se na lua
Um coelho havia
Vivo ou desenhado
Como a vovó dizia.

24
O pequeno astronauta
Só queria ter a certeza
Se estava apaixonado
Ver o coelho sua alteza.