A África como ela é

835

Victória Holzbach, jovem jornalista gaúcha, fala, em vídeo enviado diretamente de Moçambique, de sua experiência como missionária em solo africano.

A convivência com o povo moçambicano, durante quase um ano, faz a jornalista reconhecer seu crescimento como pessoa e como cidadã do mundo. Victória destaca que o trabalho cotidiano de cada moçambicano é regado pelo sonho e pela crença de um país melhor. A esperança é o grande ânimo deste povo, num contexto de mudanças rápidas, cheio de inovações e estranhezas de uma África cheia de novidades e diferenças.

Destaca, também, que seu desafio como jovem e jornalista é comunicar uma cultura diferente da sua, a partir da empatia e do conhecimento, que se dão através da convivência e do reconhecimento das diferenças.

Em outra publicação no site, Victória afirma: “Em Moçambique, uma pequena porção da Terra-Mãe, convivemos com um povo que não cansa de trabalhar e lutar por uma vida melhor, seja nos grandes centros ou nos distritos do interior, nas pequenas propriedades rurais familiares ou nas grandes empresas (estrangeiras). Por aqui, em muitos lugares já chegou a energia, o computador, a internet e até o Facebook. Em outros, é claro, a televisão ainda é novidade e carro é coisa para criança curiosa correr atrás.

No local onde vivo, norte de Moçambique, os recursos são realmente poucos. Mas isso não acontece porque é um lugar esquecido ou castigado por Deus.

Precisamos desmistificar a África