Por que as professoras tornam-se encantadoras?
Acho que porque elas sabem as singularidades das crianças,
suas ânsias e desejos para tornar o mundo melhor.

 

Há professoras encantadoras espalhadas pelo Brasil afora!

Há aquelas que gostam de abraçar seus alunos, de cuidar deles, de brincar com eles e de ensinar com zelo. Há aquelas que pacientemente ensinam o a-bê-cê sentadas no chão, porque não há carteiras nas salas de aulas.

Há professoras em todos os formatos, formas e medidas. Há professoras que se tornam imortais pelos seus feitos.

O que é ser professora hoje?

Mas de qual professora mesmo quero falar para vocês? Refiro-me a professora de filosofia que compra mamão e melancia para as suas lagartixas se alimentarem. Achei lindo o seu gesto! Ela cuida de lagartixas!

Num mundo onde não temos tempo para mais nada, a professora preocupa-se em dá alimento para duas lagartixas.

Como tornar-se uma professora encantadora? Não precisa criar lagartixas atrás do guarda-roupa, basta olhar para os seus alunos com o carinho de uma fada e o merecimento de um príncipe ou princesa.

As crianças necessitam de amor, e isso é tudo!

O amor que é doado sem cobranças, o amor que vem das profundezas do nosso ser e desabrocha num belo desenho feito pelo aluno pequenino ainda ou pela tarefa de casa que veio toda rabiscada porque ele ainda não sabe escrever, mas esforçou-se para fazer. A criança necessita de amor.

Na minha infância tive professoras que tornaram-se encantadoras. Aquelas que pegaram na minha mão para me ensinar a cobrir as letrinhas e aprender a ler, aquelas que me ensinaram a desenhar e elogiaram os meus mais feios rabiscos e aquelas que elogiaram o meu trabalho escolar malfeito, mas que era o tudo que eu podia oferecer como uma menininha de seis anos apenas.

Pedagogia do olhar de Rubem Alves.

Há professoras que tornam-se encantadoras por guardarem nas suas mochilas os desenhos dos seus alunos ou algo que faça lembrar deles quando distantes. Recordo-me que uma professora amiga trazia na bolsa o exercício de matemática de um aluno seu só para lembrar dele no fim de semana quando não o via. Que encanto!

Por que as professoras tornam-se encantadoras? Acho que porque elas sabem as singularidades das crianças, suas ânsias e desejos para tornar o mundo melhor.

A professora que compra mamão e melancia para as suas lagartixas fez-me lembrar de uma outra que contava as moedas para comprar pipocas para os seus alunos.

Parece um pouco tolice o que escrevo aqui, porém em se tratando de um mundo individualista, de ideias rápidas, de falta de amor ao próximo, de valorização dos super-salários, as professoras que destacam-se como encantadoras pelas suas lutas de dias melhores são as mais amadas pelos seus alunos.

Como é bom ser amado num mundo onde os laços afetivos estão cada vez mais frágeis.

Existe encanto na professora que cria lagartixas, assim como existe encanto na professora que ensina aos seus alunos a protegerem o meio ambiente e não maltratarem os animaizinhos. Ela é apenas uma professora que compra mamão e melancia para duas lagartixas e daí? Daí que ela sabe valorizar o amor e os seres vivos. As lagartixas sofrem danos por parte de muitas pessoas que as desprezam ou por medo ou por perversidade, cortando os seus rabos ou matando-as com pedradas.

Ainda penso que há professoras que encantam-se quando morrem de tão maravilhosas que são! As professoras que andam quilômetros até chegar à escola para dar aula aos seus aluninhos, as professoras que compram o giz para escrever no quadro-negro, as professoras que contribuem com o bem-estar das criancinhas que chegam na escola com febre ou falta de ar.

Oração do professor e da professora – Gabriel Chalita.

 Há professoras encantadoras que abrem janelas em salas de aulas cheias de paredes quentes e sem cor. E há aquelas que põem flores na mesa só para perfumar a sala de aula.

As professoras encantadoras são geradas em salas de aulas muitas vezes de cidadezinhas que nem constam no mapa do Brasil. E é para essas professoras que deixo o meu pequeno texto de hoje, porque comprar mamão e melancia para uma lagartixa é o mesmo que comprar anéis à terra.

Viva as professoras que se encantam pelas estradas de barro do nosso Brasil brasileiro que é um gênio em criar professoras encantadoras.

Eu creio na força do professor e da professora.